O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Corpo do escitor Ariano Suassuna é sepultado

Publicado em 24/07/2014, às 10h14
Da Redação, com Diário de Pernambuco

Familiares de Ariano Suassuna prestaram a última homenagem ao escritor. (Foto: Vitor Tavares / G1)
O corpo de Ariano Suassuna foi enterrado no final da tarde desta quinta-feira (24), em cerimônia emocionante. O cemitério Morada da Paz, em Paulista, estava lotado de fãs e admiradores de todo o estado. A família estava em uma área reservada.

Após apresentação do violinista Edvaldo Barros e poema declamado por João Suassuna, o corpo de Ariano foi enterrado, enquanto uma chuva de flores caía sobre o caixão. Foi observado um minuto de silêncio. A viúva, Zélia Andrade Lima, estava visivelmente emocionada e amparada pelos parentes e por uma médica.

O poema recitado por João Suassuna dizia:

"Aqui morava um rei

quando eu menino

Vestia ouro e castanho no gibão,

Pedra da Sorte sobre meu Destino,

Pulsava junto ao meu, seu coração."

Ariano faleceu na última quarta-feira (23), após complicações de um AVC. Ele tinha 87 anos e deixa 5 filhos. Um belo adeus a uma das figuras mais marcantes do Nordeste. Adeus, mestre: descanse em paz.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário