O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Encontros discutem fortalecimento da rede de combate ao tráfico de pessoas na Bahia

Publicado em 28/07/2014, às 09h27

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), por meio do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, coordenação ligada à Superintendência de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos (SUDH), realiza a partir desta segunda-feira (28) diversos encontros para discutir o fortalecimento da rede de combate ao tráfico de pessoas na Bahia.

Na quarta-feira (30), Dia Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, acontece mesa redonda com os diversos atores que vivenciam o dia a dia dessa realidade. Como o tema central ‘Tráfico de Pessoas: A Importância do Fortalecimento da Rede de Enfrentamento’, o encontro será realizado no auditório do Ministério Público do Trabalho, no Corredor da Vitória, em Salvador, às 13h30.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o tráfico de pessoas é a modalidade de crime mais rentável do mundo, ficando atrás apenas do tráfico de drogas e de armas. Com o intuito de fomentar a discussão com a comunidade e promover a conscientização sobre o tema, o núcleo também realiza a II Mostra de Filmes, na segunda, terça e quinta-feira (28, 29 e 31), na Sala Walter da Silveira, na Biblioteca Pública do Estado, no bairro dos Barris, com entrada franca. Serão exibidos os filmes ‘Eu, Escrava' e 'Anjos do Sol’, e os documentários ‘Aprisionados por Promessa’ e ‘Escravidão no século XX’.

A Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas é composta por diversos órgãos dos governos federal, estadual e municipal, que trabalham nos eixos temáticos da Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. O seu fortalecimento é uma das ações que buscam a melhoria do atendimento às vítimas do tráfico de pessoas, além de realizar esforços na cooperação mútua da busca por conhecimento. Denúncias devem ser feitas pelo Disque 100.

As informações são da Secom/BA
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário