Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Petrolina tem empresa na 'lista suja' do trabalho escravo, diz MTE

Publicado em 02/07/2014, às 21h32
por José de Oliveira, da Revista do Vale

Uma empresa de Petrolina aparece na "lista suja" de empregadores brasileiros. O documento, divulgado nesta quarta-feira (02) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), traz 609 empregadores que exploram mão de obra análoga à escrava. De acordo com o MTE, na lista, que foi atualizada, foram incluídos 91 nomes de empregadores e outros 48 foram excluídos.

A empresa "Gesso Brasil Ltda", segundo o MTE, encontra-se na lista desde o começo deste mês de julho, depois de ter passado por vistoria na obra do Ed. Vale do São Francisco, no bairro Cohab Massangano, no ano passado. (Clique aqui e confira a lista completa)

Os procedimentos de inclusão e exclusão de empregadores no cadastro são determinados pela Portaria Interministerial número 2, de 2011, que estabelece a divulgação do nome do infrator após decisão administrativa final relativa à infração. Ela é feita depois da ação fiscal, quando há identificação de trabalhadores submetidos a trabalho escravo.

Ainda de acordo com o MTE, a lista passa por atualizações maiores a cada seis meses, e as exclusões de nomes, por sua vez, acontecem após monitoramento, direto ou indireto, pelo período de dois anos da data da inclusão dos empregadores no cadastro. Se eles não voltarem a praticar a infração e efetuarem os pagamentos de multas devidas, podem sair da "lista suja".

O Ministério do Trabalho informou ainda que não emite qualquer tipo de certidão relativa ao cadastro.

A Revista do Vale reserva espaço à empresa para esclarecer o fato.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário