Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Sozinha dentro de ônibus da JOAFRA, passageira fica apavorada e denuncia que motorista se recusou a parar veículo e fez outro percurso

Publicado em 29/07/2014, às 15h28 e atualizado às 17h45
Da Redação

Nesta terça-feira (29), uma leitora da Revista do Vale nos enviou um e-mail, onde denuncia uma situação bastante desesperadora. Segundo Edilza Gomes, na noite de segunda-feira (28), ela viveu um momento terrível ao ficar sozinha dentro de um ônibus da JOAFRA vindo de Petrolina para Juazeiro. Apavorada, ela informou que o motorista do veículo não quis parar para a mesma descer no ponto em frente ao Mercado do Produtor.

Confira abaixo a íntegra da denúncia da leitora.

"PAVOR E DESESPERO no ônibus 610 da JOAFRA que faz linha Juazeiro-Petrolina via Areia Branca.

Por favor peço a todos e todas que compartilhem essa informação, para que a população da região tome conhecimento do risco que corremos todos os dias, principalmente as mulheres.

Ontem por volta das 21h e 40 min, peguei o ônibus da Joafra de número 610 , em frente ao Regente em Petrolina com destino a Juazeiro. Quando chegou no bairro Ipiranga [sic] o cobrador perguntou qual seria o destino de cada passageiro que se encontrava no ônibus, todos informaram, inclusive eu que pretendia descer no Mercado do Produtor.

Quando chegou na rotatória próximo ao Atacadão o motorista parou e me mandou descer do ônibus, falei pra ele que não poderia descer naquele local àquela hora e que tinha que me deixar no ponto onde eu realmente queria descer. Ele fez a rotatória e seguiu comigo deixando todos os demais passageiros em seus respectivos pontos, entrei em desespero sem saber qual o destino que pretendiam me dar, imaginem vcs meus amigos, passar por uma situação dessas, justamente em um dia em que uma das principais l manchetes policiais foi o assassinato de um passageiro pelo motorista e o cobrador de um ônibus pelo simples fato de ter reclamado do excesso de velocidade...

Liguei para a garagem, mas a pessoa que me atendeu disse que não podia fazer nada.
No auge do desespero, quando me vi sozinha no ônibus a mercê dos dois elementos, comecei a ligar desesperadamente para familiares e amigos contando o que estava acontecendo.

Quando o motorista percebeu que eu estava descrevendo o percurso que ele estava fazendo comigo, assim como informando o número do ônibus ele resolveu me levar de volta e me deixou exatamente no ponto onde eu queria descer.

Ficam as perguntas:

Qual era a intenção desses indivíduos ao ficarem sozinhos comigo no ônibus?

O que pretendiam fazer se não vissem que eu estava comunicando a várias pessoas o que estava acontecendo?

É orientação da empresa Joafra que os motoristas abandonem os passageiros onde bem quiserem? 

Compartilhem, não deixem essa covardia sem divulgação, só DEUS sabe como estou me sentindo até agora."

Edilza Gomes

A Revista do Vale reserva espaço para que algum representante da empresa se pronuncie sobre o assunto.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A RESPOSTA DA EMPRESA JOAFRA SOBRE O ASSUNTO
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário