O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Através de nota, Univasf esclarece que tem conhecimento das queixas dos estudantes, mas diz que eles devem fazer as denúncias por meio da Ouvidoria

Publicado em 29/08/2014,às 00h41
Da Redação

A forma rude com que muitos docentes estariam tratando os alunos é a principal reclamação. (Foto: Reprodução)
A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), por meio de sua assessoria de comunicação, enviou nota à imprensa para esclarecer alguns pontos sobre a denúncia feita -- com exclusividade -- pela Revista do Vale, na quarta-feira (27), sobre a forma "grosseira" e "deseducada"com que alguns professores da instituição estariam tratando os estudantes. Conforme a nota, os estudantes devem fazer as denúncias através da Ouvidoria, que é "responsável por receber sugestões, reclamações e denúncias da comunidade acadêmica e encaminhar aos setores competentes". Confira a nota na íntegra.

"NOTA DE ESCLARECIMENTO – DENÚNCIAS DE ESTUDANTES

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) tem conhecimento das queixas dos estudantes em relação à conduta de alguns docentes. No entanto, para que a Universidade possa tomar as medidas cabíveis, é necessário que as denúncias sejam formalizadas junto à instituição por meio da Ouvidoria, responsável por receber sugestões, reclamações e denúncias da comunidade acadêmica e encaminhar aos setores competentes. A Univasf possui algumas comissões instituídas com a finalidade de apurar situações envolvendo possíveis irregularidades cometidas por servidores e discentes da instituição: a Comissão Disciplinar Acadêmica (CDA), para situações relacionadas à conduta dos discentes; a Comissão de Ética, que acompanha a conduta ética dos servidores da instituição; e a Comissão Permanente de Controle Disciplinar (CPCD). Instituída pela Resolução Conuni 10/2013, a CPCD visa ao cumprimento do disposto nas Leis 8.027/1990 e 8.112/1990 e no Decreto 5.480/2005, e tem a competência para apurar situações envolvendo possíveis irregularidades cometidas por servidores da Univasf. A CPCD está em plena atividade desde novembro de 2013, já julgou 24 processos administrativo disciplinares e tem dois em tramitação. A conduta acadêmica de docentes em relação a discentes também pode se configurar como desvio ético e não propriamente disciplinar. Nestes casos, a apuração da denúncia é encaminhada à Comissão de Ética, conforme disposto nos Decretos 1.171/1994 e 6.029/2007. As denúncias formalizadas pelos estudantes serão encaminhadas à(s) comissão(ões) competente(s), dependendo de sua natureza. "

Assessoria de Comunicação da Univasf
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário