O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Descarte irregular de lixo e entulho compromete a limpeza de Juazeiro

Publicado em 20/08/2014, às 16h29

Foto: Divulgação
Móveis e eletrodomésticos velhos, pedaços de madeira, sofás, pneus, restos de poda e construção são alguns dos materiais descartados com frequência em canteiros, canais, terrenos baldios e diversos pontos da cidade. Visando o bem-estar da própria população, a Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, utiliza vários meios para combater os efeitos negativos desse hábito, e garantir uma cidade sempre limpa.

De acordo com o gerente de Limpeza da SESP, Jorge Medrado, diariamente máquinas e agentes de limpeza são destinados ao recolhimento do material descartado irregularmente nas vias públicas. “Periodicamente realizamos ações de limpeza, mas infelizmente o volume de lixo jogado nos espaços públicos ainda é muito grande. O que pode promover a proliferação de muriçocas, mosquito da dengue, ratos, baratas, além do mau cheiro. É fundamental que a população colabore, pois a coleta domiciliar acontece regularmente, para que as pessoas deem destino correto aos seus resíduos. O que não justifica o descarte de lixo em locais públicos”, enfatizou Jorge.

Semanalmente são recolhidas 750 toneladas de lixo e entulho em mais de 50 pontos clandestinos em todo o município. “Mesmo com a realização da limpeza, os resíduos voltam a ser colocados nas avenidas, ruas e terrenos baldios. Boa parte do material espalhado é deixada pelos carroceiros que são contratados para transportar restos de construção. Esta ação pode causar muitos problemas para a população, além disso, percebemos que além da irresponsabilidade de quem joga lixo na rua, o descuido de terrenos baldios por parte dos proprietários também contribui para a formação desses pontos”, explicou o gerente.

Jorge ainda informa que a comunidade é responsável pela destinação adequada do entulho que produz, mas para os moradores que desejam se desfazer desse material, a SESP realiza um serviço especifico de recolhimento mediante uma taxa no valor de R$ 65,45 por carrada de caçamba de 9 toneladas.

Atendimento 

A SESP possui canais de comunicação para que a população possa solicitar serviços. Para registrar a solicitação, basta entrar em contato pelo telefone (74) 3612-5411, ou encaminhar ofício a Secretaria, localizada no espaço onde funciona a CMC (Central de Material de Construção), e a garagem do município, em frente à empresa Icofort, s/n, no Distrito Industrial.

As informações são da assessoria da SESP.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário