Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Dilma: queda do PIB é momentânea e segundo semestre terá recuperação

Publicado em 30/08/2014, às 03h30

Foto: Agência Brasil -arquivo
Após a divulgação do resultado negativo do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, a candidata à reeleição pelo PT, presidenta Dilma Rousseff, disse que a queda é momentânea e que o país vai voltar a crescer no segundo semestre. Para a candidata, as condições internacionais e os feriados durante a Copa do Mundo contribuíram para o resultado. Na avaliação de Dilma, no segundo semestre, haverá uma “grande recuperação”.

“Um dos motivos que explica é o número de feriados que tivemos. Por conta da Copa, tivemos a maior quantidade de feriados em toda a história do Brasil dos últimos anos”, disse Dilma, após visitar laboratórios do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Salvador. Segundo a candidata, os únicos países que se saíram bem no segundo trimestre foram a China, os Estados Unidos e o Reino Unido.

“Nos demais países, você tem uma redução drástica no crescimento, inclusive aqui na América Latina. Uma das explicações foi a queda no preço das commodities”, disse, citando que o Peru, o Chile e a Colômbia também tiveram “grande redução no seu crescimento”.

Dilma destacou a educação e a infraestrutura como condições para a retomada do crescimento. “Temos de apostar na ampliação da capacidade produtiva do povo brasileiro. A segunda condição são grandes investimentos em infraestrutura, que preparam o Brasil para um novo ciclo, mais moderno e inclusivo […]. Acredito que teremos um Brasil muito mais competitivo”, disse, acrescentando que o país precisa ter menos burocracia e reduzir os impostos. 

Dilma também voltou a defender uma reforma política com a participação popular e que “preserve a ética, garanta transparência e melhor gestão dos recursos públicos”. “O Brasil precisa sem dúvida de uma reforma política uma vez que a situação que enfrentamos é extremamente defasada, o Brasil moderno e uma estrutura política ainda de 20 anos atrás. Temos que atualizar nossa representação política”.

Na opinião da candidata, a exploração do petróleo do pré-sal transforma os recursos finitos em uma riqueza perene, que é a educação. Após a entrevista, Dilma Rousseff visitou a sede do Olodum, no Pelourinho, onde discursou contra o racismo e a violência.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário