O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Em Petrolina, passagem do transporte coletivo poderá aumentar para R$ 2,85

Publicado em 16/08/2014, às 18h34

A informação foi dada na manhã da última quinta-feira (14) pelo Diretor da União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina e Pernambuco, Evandro José, ao conceder entrevista ao Programa Conexão Verdade da rádio A Voz do São Francisco – Emissora Rural.

Evandro José, Diretor da União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina. (Foto: Emissora Rural)
Segundo Evandro, depois das várias manifestações dos estudantes foi pedido ao Ministério público a reativação do Conselho Municipal de Transportes, o que foi atendido e este, por sua vez, está reunindo seus membros, visando melhor estruturação. Faz parte do Conselho, além da UESP, a Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC); A Federação das Associações de Bairros (FEAMUP); A Procuradoria do Município e a Câmara Municipal.

“O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale Francisco (SETRANVAF) está sugerindo um aumento na passagem do transporte coletivo de Petrolina para R$ 2,84 (Dois reais e oitenta e quatro centavos), ou seja, o que equivale a R$ 2,85, visto que não se tem um centavo de troco. O SETRANVASF alega que o reajuste se faz necessário devido ao aumento concedido aos salários dos motoristas, cobradores e fiscais”, afirmou Evandro José.

Para essa finalidade uma reunião está agendada para a segunda-feira (18), às 15h na EPTTC. Evandro pede que a população contrária a esse reajuste, se mobilize comparecendo ao local da reunião. “A nossa posição é de ser contra o aumento, estamos trabalhando junto com a FEAMUP para barrar esse aumento, por isso convocamos os estudantes, trabalhadores e pais, para que se juntam a nós nessa luta”, conclamou.

As informações são do Portal AM730-Emissora Rural.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário