Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Fiscais de Meio Ambiente fazem nova visita para conferir a instalação da caixa de gordura do comércio alimentício de Juazeiro

Publicado em 01/08/2014, às 16h07

Foto: Divulgação
Os fiscais de meio ambiente e também de postura da Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública de Juazeiro, juntamente com técnicos do SAAE, após período de orientação quanto a instalação de caixas de gordura em bares e restaurantes feito através de visitas desde a primeira semana de maio, estão realizando uma nova etapa de visitação aos estabelecimentos que já tinham sido notificados para instalação, a fim de conferir se foi atendida a solicitação de enquadramento hidrosanitário. 

Bares, restaurantes, pizzarias e supermercados que não atenderam ao prazo dado para instalação quando foram notificados na visita anterior, estão recebendo uma advertência e mais um novo prazo com o intuito de que realizem a solicitação antes que sejam multados. Para àqueles que atenderam a orientação, após ser constatado pelos fiscais e técnicos, recebem um certificado por estarem regularizados. 

Caso o proprietário tenha duvidas durante a instalação do equipamento, o responsável pode solicitar uma nova visita para orientação. As visitas e retornos acontecerão até que todos se ajustem a essa necessidade. “É de suma importância que haja esse enquadramento, pois a caixa reterá a gordura e evitará a sua solidificação dentro das tubulações, prevenindo assim, obstruções e vazamentos, e reduzindo o odor presente no esgoto da nossa cidade”, disse o secretário de meio ambiente e ordem pública, Edvan Gonçalves. 

Os fiscais lembram que estão disponíveis a passar as instruções para manuseio da caixa de gordura, manutenção e tipo mais adequado a ser instalado. Além disso, informações têm sido dadas desde o primeiro contato através da distribuição dos panfletos explicativos que mostra o impacto causado pelo lançamento indiscriminado do óleo de cozinha tanto no serviço regular de coleta de esgoto quanto no meio ambiente. Portanto, os responsáveis pelo comércio alimentício têm todo o suporte para estarem regularizados dentro dos prazos oferecidos. 

As informações são da assessoria da prefeitura.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário