O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Na Bahia, Aécio Neves diz ter o “melhor time” e acusa PT de administrar pobreza

Publicado em 24/08/2014 às 14h00

Ao lado de aliados do DEM, como Paulo Souto e ACM Neto, Aécio Neves (PSDB) fez críticas ao governo.
(Foto: Joá Souza / Agência A Tarde)
O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, disse neste sábado (23) ter o "time mais qualificado" e repetiu que o PT se contenta em administrar a pobreza, durante a apresentação do programa Nordeste Forte, voltado para a região onde Dilma Rousseff teve 70% dos votos no segundo turno da eleição de 2010.

"Os que governam há 12 anos convivem muito bem com a administração da pobreza", afirmou, acompanhado por diversas lideranças regionais, ao prometer "evoluir" o Bolsa Família.

O presidenciável citou ainda outro mineiro, Juscelino Kubitschek, e a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), criada por ele, ao falar sobre o fator "destino".

"Quem sabe a história permita agora a este mineiro fazer o melhor governo da história do Brasil, pela redenção do Nordeste", discursou.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, acusou o PT de tentar "disseminar a mentira e o medo", ao lembrar da sua campanha em 2012. "As pessoas me perguntavam se eu ia acabar com o Bolsa Família. Aécio enfrenta um desafio igual. Mas o Nordeste não vai se intimidar e vai eleger Aécio presidente", disse.

O gestor da capital baiana pediu ainda que o tucano priorizasse a educação, caso precisasse "escolher uma coisa". E finalizou seu discurso se colocando como cabo eleitoral de Aécio em Salvador. "Quem gosta de ACM Neto vota em Aécio Neves".

O candidato ao Senado da chapa de oposição, Geddel Vieira Lima, comparou o governo de Dilma ao do seu antecessor, Lula, para defender que o ex-presidente sabia "criar consensos e administrar dissensos".

Já Dilma seria "autoritária", segundo Geddel, ao querer "controlar absolutamente tudo". "Assistindo à campanha de Dilma, estou vendo algo enjoativo, a repetição da mesmice", afirmou.

Propostas

Elaborado pelo secretário de Desenvolvimento de Salvador, Guilherme Bellintani, o Nordeste Forte está dividido em sete eixos: infraestrutura, semiárido, combate à pobreza, qualidade de vida, juventude e educação, ciência e tecnologia. Entre as promessas de Aécio para a região, está a garantia, em quatro anos, de uma renda per capita mínima de US$ 1,25 por dia para as famílias nordestinas.

Na educação, o candidato também diz que dobrará o complemento da União ao Fundeb, dentro do mesmo prazo. Outra proposta é implantar um Programa de Desenvolvimento Decenal (de dez anos), para dar continuidade a ações como a transposição do São Francisco e realizar a ligação entre as bacias do Parnaíba e São Francisco.

Ao criticar o governo federal por "virar as costas" para os estados na segurança pública, Aécio prometeu reduzir em 30% o número de homicídios no Nordeste, em quatro anos. Já para obras de infraestrutura, como estradas e ferrovias, o tucano propôs Parcerias Público-Privadas.

As informações são do jornal A Tarde.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário