Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Pesquisa realizada no Hospital Dom Malan, coordenada por universidade canadense, vai avaliar possibilidade de redução de números de parto prematuro

Publicado em 22/08/2014, às 16h03

O nascimento prematuro é uma das principais causas da mortalidade infantil no mundo. No Brasil também não é diferente, diversas pesquisas tem sido realizadas no sentido de modificar este cenário. Como unidade referência em assistência materno/infantil no Vale do São Francisco, o Hospital Dom Malan/IMIP, está participando de um estudo multicêntrico juntamente com o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), coordenado pela University of Toronto, (Universidade de Toronto) do Canadá.

O estudo vai comparar dois grupos de pacientes, o primeiro usará uma medicação específica, durante o período do pré-natal, citrato de magnésio por via oral e o segundo, um placebo. “Ao final avaliaremos se a medicação reduz o risco de disfunção placentária e as suas consequências negativas para o feto e a mãe, reduzindo por sua vez, as indicações de realização de parto prematuro”, pontua a diretora de ensino e pesquisa do HDM e coautora do trabalho, Angélica Guimarães.

Os resultados deste ensaio clínico randomizado poderão ser relevantes para os países subdesenvolvidos que têm altas taxas de prematuridade e recursos limitados para cuidados maternos e neonatais críticos. “O HDM e sua equipe sentem-se muito gratificados em participar dessa pesquisa, cujos resultados poderão modificar significativamente a assistência materno/infantil”, finaliza Angélica Guimarães.

As informações são da assessoria do HDM.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário