O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Petrolina: Farmácia da Dor e de alto custo do CEONCO é referência no Estado

Publicado em 27/08/2014, às 17h16

A farmácia atende gratuitamente mais de mil pacientes por mês. (Foto: Divulgação)
A Farmácia da Dor, como é conhecida no Centro de Oncologia Dr Muccini (CEONCO) da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e a Infância (APAMI) existe desde 2008 na instituição, sendo referência de armazenamento e distribuição no Estado de Pernambuco, já que atende gratuitamente a mais de mil pacientes por mês, sendo estes de Petrolina e de cidades de todo o Sertão do São Francisco.

São 27 farmácias distribuídas em todo o Estado entre elas a de Petrolina que se tornou referência na região do sertão do Vale do São Francisco. Medicamentos como codeína, morfina e metadona (as drogas opiáceas ou simplesmente opiáceos), substâncias necessárias durante tratamentos contra o câncer por atuarem na Medicina como poderosos analgésicos, são. armazenados e distribuídos, de acordo com o padrão exigido pela portaria do Ministério da Saúde (GM/MS nº 2981 de 29/11/09).

A farmacêutica responsável pela Farmácia no CEONCO, Rosalva Perazzo ressalta a seriedade e os cuidados no uso desses medicamentos que se utilizados de forma errônea podem provocar forte dependência. O enfermeiro chefe do CEONCO, Paulo Loivo lembra também do importante convênio estabelecido entre a APAMI e o Ministério da Saúde que garante medicamentos especiais para pacientes com câncer de mama. Essa medicação é mantida refrigerada 24h e se faz essencial ao tratamento, além de ser considerada de alto custo.

Essa disponibilidade pelo CEONCO favorece diretamente os pacientes, diminuindo assim a burocracia existente para o rápido acesso, devido à urgência requerida em muitos casos pelo rápido avanço da doença, sem que seja necessário o direcionamento ao Ministério Público.

As informações são da jornalista Jaquelyne Costa, assessora da APAMI.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário