Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Projeto Jam no João renova repertório e atrai público da região para o Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro

Publicado em 23/08/2014, às 16h06

Com quatro meses de muito som e público solidificado, o Jam no João segue cumprindo sua missão de oferecer música instrumental todas as quintas-feiras com acesso gratuito. Além da banda base do projeto, formada por músicos locais, já passaram pelo “palco” do Jam algo em torno de 30 músicos de diferentes grupos e estilos musicais. Esta característica, de improvisar e abrir espaço para a participação de todos, traz agora uma novidade ao projeto: a renovação do repertório.

Público acompanha atento aos arranjos da banda base do projeto. (Foto: Nathália Beserra / Divulgação)
As noites têm o toque característico das jam sessions que acontecem pelo país afora, com um clima leve e improvisado e embaladas por um repertório variado. Arranjos diferenciados e embasados nas raízes dos ritmos brasileiros dão o tom. Na Glória, de Raul de Barros, Amazonas de João Donato, Vera Cruz de Milton Nascimento, Cantaloupe Island, de Herbie Hancock, Disparada, de Geraldo Vandré e Somos Todos Iguais Nessa Noite, de Ivan Lins são alguns dos sucessos que encantam a plateia, cada vez maior, que prestigia o projeto.

Com a produção musical de Cristiano Lima e executiva de Celso de Carvalho, o Jam no João tem o apoio financeiro do Governo da Bahia, Secult e Fundação Cultural do Estado da Bahia, através do Edital Setorial de Música 2013. As noites musicais são lideradas por uma Banda Base formada por oito músicos. São eles Celso de Carvalho (flauta), Celso José (bateria), Edésio César (guitarra), Elianderson Coelho (baixo), Levi Carvalho (violão), Robertson Ferraz (sax), Soneca Martins (teclados), Wagner Miranda (percussão).

As informações são da assessoria.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário