O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Para Lídice da Mata, convivência com a seca na Bahia será exemplo de sustentabilidade

Publicado em 22/09/2014, às 18h27

Foto: Divulgação -arquivo
O uso racional da água e a preservação das matas nativas são medidas que todo sertanejo baiano incorporou à sua rotina, pois o povo do Semiárido já tem plena consciência da pauta da sustentabilidade ambiental, disse a candidata a governadora Lídice da Mata, do PSB, durante o Fórum de Desenvolvimento Local Sustentável de Canudos, nesta segunda-feira (22). Foram convidados os três principais candidatos ao Governo do estado, mas somente ela compareceu ao evento, que reuniu representantes de 63 entidades da região e 30 professores universitários.

A candidata apresentou as propostas de seu programa de governo para o Semiárido, que incluem a construção de barragens e a criação do corredor ecológico para recuperar e proteger as matas nativas nas margens do Rio São Francisco. Ela também defendeu a construção do eixo-sul do projeto de transposição do São Francisco.

Lídice lembrou que, como senadora, já havia destinado R$ 1,1 milhão do orçamento da União para o DNOCS aplicar na revitalização do Açude Cocorobó e na modernização do perímetro irrigado do Rio Vaza Barris. O dinheiro, contudo, não foi aplicado e acabou se perdendo.

“Lá, a irrigação usa um sistema obsoleto, de inundação, que gera desperdício de água, quando outras áreas usam o sistema de gotejamento, que economiza mais água”, explicou Lídice.

A candidata comprometeu-se ainda com dois importantes projetos para Canudos: o de saneamento básico, para pôr fim ao esgoto a céu aberto presente na maioria das ruas da cidade, e a reforma do Hospital Genaro Rabelo de Alcântara, que receberá equipamentos para atender casos de média e alta complexidade. “O hospital tem estrutura física, mas não tem equipamentos de UTI, de neonatal, e aí se uma mulher grávida vai ter neném aqui e complica, tem de sair correndo por 200 quilômetros para achar uma maternidade que faça o parto cesariano. Isso se resolve com pouco, falta é vontade política”, destacou.

TURISMO – Lídice, que tem o turismo como uma prioridade para o desenvolvimento da Bahia, destacou ainda o projeto que está em seu programa de governo, de criar a cidade cenográfica de Canudos para receber anualmente um grande espetáculo teatral que recontará a história da Guerra de Canudos. “Assim como em Nova Jerusalém, em Pernambuco, que recebe a Paixão de Cristo, aqui será um local de grande fluxo de turismo por pessoas de todo mundo interessadas em saber como essa guerra aconteceu”, disse.

No resto do ano, a atração de turistas ficará pela visita à cidade cenográfica, mas também ao ecoturismo náutico, com mergulho no Açude de Cocorobó, onde é possível visitar os escombros submersos da antiga cidade de Canudos. “Além disso, é pedido da comunidade e vamos realizar a reforma do Museu Manoel Travessa, que guarda relíquias da guerra, e a criação da Casa João de Regis, um museu audiovisual.

RECONHECIMENTO – A candidata Lídice da Mata teve seu trabalho no Senado reconhecido elo professor Luiz Paulo, coordenador do Projeto Canudos na Universidade do estado da Bahia (Uneb). Foi com uma emenda parlamentar de Lídice que foi possível instalar, na universidade, um núcleo audiovisual para a fomentação do polo de cinema de Canudos. “Agora queremos o curso de cinema e vídeo para consolidar nossa vocação”, destacou o professor.

O professor agradeceu ainda o esforço de Lídice em ampliar o crédito do Banco do Nordeste para os agricultores locais. “Tínhamos no máximo R$ 100 mil por ano. Lídice foi conosco em Brasília, depois ela trouxe toda a diretoria do Banco do Nordeste para cá. Até o final do ano passado, ultrapassamos R$ 1 milhão e isso nós devemos a você. É dinheiro na veia da produção”, afirmou.

As informações são da assessoria da candidata.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário