Image and video hosting by TinyPic

O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Água nos primeiros 15 km da transposição do Rio São Francisco

Publicado em 23/10/2014,às 10h48

A água está sendo retirada do lago de Itaparica e levada para o reservatório de Areias, também em Floresta.
(Foto: Divulgação)
A água está sendo transportada nos primeiros 15 km da transposição do Rio São Francisco no Eixo Leste, um canal que começa em Floresta, no Sertão de Pernambuco, e irá até a cidade de Monteiro, na Paraíba, com uma extensão de 217 quilômetros. As obras começaram em 2007 e os primeiros testes foram realizados na semana passada, quinze dias antes de uma das mais acirradas eleições presidenciais. A transposição foi a maior obra hídrica iniciada na administração do presidente Lula (PT). Na quarta-feira (22), o local dos testes (em Floresta) foi visitado pelos ministros da Integração Nacional, Francisco Teixeira, e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior.

Ainda na visita, o ministro Francisco Teixeira afirmou que a obra “é irreversível, principalmente se der continuidade ao modelo político que temos hoje, em que se valoriza o desenvolvimento regional”, referindo-se à continuidade da atual administração.

Foto: Divulgação
A realização dos testes foi muito criticada por políticos da oposição porque a água está sendo retirada num momento de estiagem em que o lago de Itaparica está com 17,16% da sua capacidade. Os pequenos agricultores de Petrolândia (que moram próximos ao reservatório) estão fazendo um rodízio (um dia com e outro sem água) para irrigar as suas culturas devido à pouca disponibilidade de água.

A água a ser bombeada representa 0,3% do atual volume do lago, de acordo com informações do Ministério da Integração Nacional, responsável pela obra. A transposição vai levar água a 12 milhões de nordestinos em 390 cidades em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

Em entrevista, a ministra Miriam Belchior afirmou que os testes vão permitir algum tipo de uso da água nos 15 primeiros quilômetros do canal. A água sairá de Itaparica e ficará armazenada no reservatório de Areias. Ontem, a assessoria de imprensa do Ministério não informou quais as conexões existentes nos primeiros 15 km do canal e no reservatório (de Areias) que podem fazer essa água chegar à população.

As informações são do Jornal do Commercio.

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário