O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Lula diz que Aécio é 'capaz de pisar em pobres'

Publicado em 18/10/2014, às 01h59

Lula participou de comício com Eduardo Braga em Manaus
(Foto: Adneison Severiano / G1 AM)
Em campanha pela reeleição de Dilma Rousseff à Presidência, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (16), durante comício em Manaus, que o candidato do PSDB, Aécio Neves, "é capaz de pisar" em pobres. O petista discursou ao lado de Eduardo Braga (PMDB), que disputa no segundo turno o governo do Amazonas.

No palanque, o ex-presidente afirmou que Aécio está sendo agressivo com a adversária nos debates. "Quando vejo um homem na televisão ser ignorante com uma mulher, como ele tem sido com a Dilma nos debates, eu fico pensando que se esse cidadão é capaz de gritar com uma presidenta, fico imaginando quando ele encontrar um pobre, é capaz de pisar", declarou.

Ao defender o voto em Dilma, Lula criticou o governo de Fernando Henrique Cardoso. "Naquele tempo, eles diziam que o salário mínimo não podia aumentar por causa da inflação. Faz doze anos que nós aumentamos o salário mínimo e a inflação está controlada. Não aumentavam o salário, mas aumentam a falta de vergonha na cara deles em levar o povo à míngua", disse.

Lula abordou também a Zona Franca de Manaus, dizendo a Braga que o PSDB é contra o modelo econômico. "Você sabe como os tucanos eram contra a Zona Franca de Manaus, sabe quantas vezes tentaram desviar para a gente não aprovar a prorrogação da Zona Franca por mais 70 anos como a Dilma fez, porque quem mora no Centro-Sul ou quem vive com a bundinha sentada em Brasília não tem noção do que é o Norte e o Nordeste do país", declarou.

"Essa gente que está disputando a eleição com a Dilma só gosta de pobre em época de eleição", completou o ex-presidente.

As informações são do G1.

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário