O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Pesquisas feitas na UNEB de Juazeiro são apresentadas em Minas Gerais

Publicado em 08/10/2014, às 18h08

Os estudantes, acompanhados do professor Jairton Fraga (ao centro), no evento em Viçosa (MG)
(Foto: Divulgação)
Estudantes do curso de Engenharia Agronômica da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Juazeiro, participaram de eventos concomitantes realizados na Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais. O VI Simpósio Brasileiro e o III Congresso Internacional de Agropecuária Sustentável reuniram pesquisadores e representantes de instituições das Ciências Agrárias e Biológicas, nos dias 26 e 27 de setembro.

Além de participarem de palestras, os alunos da UNEB apresentaram pesquisas científicas em formato de pôster. Foram expostos 11 trabalhos, orientados pelos professores da UNEB Cláudio Mistura, Kátia Maria Siqueira, Lindete Mírian Martins e Jairton Fraga Araújo. Nas apresentações, os estudantes de Engenharia Agronômica esclareceram como as pesquisas foram feitas e quais resultados foram obtidos.

Os estudos foram realizados na área experimental do DTCS e do Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável (Caerdes) da UNEB. “Os professores orientam, mas são os alunos que executam as atividades no campo e nos laboratórios. Então, é legítimo que eles estejam nos congressos apresentando e representando a UNEB”, afirmou o professor Jairton Fraga Araújo, que é coordenador do Caerdes.

Um dos 27 graduandos em Engenharia Agronômica que participaram do evento, a aluna Ítala Gomes, colaborou com três das pesquisas realizadas no Caerdes, que desenvolve produções agroecológicas, a exemplo de frutas e hortaliças. No Congresso, a estudante foi autora do estudo com variedades de melancia e foi co-autora em outros trabalhos. Sobre o objetivo da pesquisa, feita com o uso do sistema de irrigação por gotejamento e aplicação de adubos orgânicos, a estudante Ítala destacou que no trabalho foi avaliada a produtividade, a qualidade da fruta e outras características importantes. “Dessa forma a gente consegue identificar a melhor cultivar para a nossa região”, completou.

Em outra pesquisa, apresentada por alunos que foram orientados pela professora Kátia Maria Siqueira, também foram investigados outros aspectos como a polinização das flores da melancia. A importância deste processo, esclareceu a professora, está no papel desempenhado pelas abelhas Apis Mellifera, que são fundamentais para a polinização das flores e, consequente, produção dos frutos.

Os títulos de todos os trabalhos aprovados nos eventos, inclusive de outras instituições, e os nomes dos respectivos autores podem ser consultados na página:http://www.simbras-as.com.br/imagens/uploads/files/trabalhos_aprovados_atualizado.pdf.

As informações são da assessoria do DTCS.
Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário