O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Petrolina realiza nova ação para recolhimento de pneus das ruas

Publicado em 18/10/2014, às 01h44

Ação recolhe pneus da ruas da cidade de Petrolina. (Foto: Juciana Cavalcanti / Divulgação)
Essa semana, em Petrolina, uma equipe da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana está realizando o recolhimento de pneus das ruas e avenidas da cidade. A ação faz parte da preocupação ambiental em dar a destinação adequada desse tipo de material que pela política reversa, não pode ser descartado no lixo comum.

Rotineiramente a prefeitura realiza o serviço recolhendo milhares de pneus. Todo material é levado para o aterro sanitário da cidade, a Central de Tratamento de Resíduos (CTR Petrolina) responsável pela gerência do lixo na cidade desde 2006, que em parceria com a Associação Reciclanip, dão o devido tratamento.

A CTR também recebe pneus não proveniente do recolhimento do município. O material deve esta acondicionado em fardos de 10 unidades seja de pneus de bicicleta ou moto; já os de maquinário agrícola ou com aro igual ou superior a 22,5 (OTR), devem ser listados com o número de matrícula (DOT) e enviado via e-mail para taiane@ctrpetrolina.com.br, setor responsável pela análise junto ao fabricante. Pedaços de borrachas ou partes de qualquer outro tipo de material, incluindo partes de pneus que foram descaracterizados não são recebidos.

Todo material recolhido, além dos entregues pelo município através do recolhimento, também pode ser deixado por empresas ou população sem nenhum custo na Central. A CTR fica localizada na Rua Salgueiro, nº 70, no bairro José e Maria.

Por se tratar de material muito resistente, o tempo de decomposição dos pneus, segundo o Inmetro é indeterminado. Ao ser recolhido os pneus podem ser tratados através de co-processamento em fornos de cimento; ou em usina de xisto betuminoso; ou ainda se transformar em asfalto para pavimentação de vias; gramas artificiais e quadras esportivas; e matéria para recuperação na fabricação de artefatos de borracha; fabricação de granulados e pós de borracha e regeneração da borracha.

As informações são da assessoria da Seinfram.

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário