O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Profissionais da UPAE de Petrolina recebem capacitação e treinamentos sobre Segregação de Lixo Hospitalar

Publicado em 18/10/2014, às 15h45

Profissionais recebem treinamento na UPAE. (Foto: Divulgação)
Profissionais da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE), de Petrolina (PE), receberam durante os dias 07 a 17 de outubro, capacitação e treinamentos sobre Segregação do Lixo Hospitalar. O objetivo foi de conscientizar e orientar todos os profissionais quanto à separação correta de cada resíduo, tanto para proteção da saúde como do meio ambiente.

A ação foi realizada pelo Núcleo de Educação Permanente e pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). “A segregação de lixo consiste na separação dos resíduos no momento e local de sua geração, de acordo com as características físicas, químicas, biológicas e riscos envolvidos, garantindo a proteção da saúde e do meio ambiente”, afirma a enfermeira gerente do Núcleo de Educação Permanente, Martapolyana Torres.

Todo o processo visa acondicionar resíduo em um local previamente determinado, isso porque cada um tem características que necessitam de cuidados específicos. “Na UPAE de Petrolina, dispomos de lixeiras pretas para resíduo comum, lixeiras brancas para resíduo contaminado, lixeiras azuis para soro e caixas para materiais perfurocortante”, complementa.

Todo material hospitalar que tenha entrado em contato com o paciente deve ser acondicionado de modo diferenciado. Para evitar a mistura dos resíduos infectantes com o lixo comum. “Os profissionais precisam ser orientados constantemente sobre o descarte adequado, impedindo assim acidentes de trabalho com material pérfurocortante e a contaminação do meio ambiente”, finaliza Martapolyana.

As informações são da assessoria.

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário