O melhor conteúdo da região

Tecnologia do Blogger.

Alunos com deficiência são atendidos nas escolas de ensino regular de Petrolina

Publicado em 06/12/2014, às 00h48

Durante esta semana foi comemorado o “Dia Internacional da Pessoa com Deficiência”. Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1998, a comemoração busca renovar o compromisso, das pessoas e instituições, com a inclusão e acessibilidade de pessoas com deficiência no convício social.

Segundo o Ministério da Educação, Petrolina está entre as cidades com maior referência em Educação Inclusiva. “A Prefeitura de Petrolina desenvolve através da SEDUC, cursos de formação continuada para professores do Atendente Educacional Especializado (AEE) e da Rede, com o objetivo de especializá-los na área, a partir do Núcleo de Apoio Psicopedagógico às Pessoas com Necessidades Especiais (NAPPNE),” explica o Secretário de Educação Municipal, Henrique Leite.

“Nós temos que preparar atividades a qual a criança realmente não se abuse e desista de fazê-la. Procuramos trabalhar com jogos de matemática, português e outras diferentes formas pedagógicas que chamem a atenção dos nossos alunos”, afirma a professora Emília Fonseca.

O NAPPNE atende aos 571 estudantes matriculados nas escolas da Rede Municipal, da educação infantil ao ensino fundamental. Segundo a coordenadoria, somente quando necessário, os profissionais especializados levam os alunos para o Núcleo de Apoio. A regra é deixa-los estudando onde são matriculados.

“Toda criança que apresente dificuldades de socialização e aprendizagem, nas escolas, tem que ser comunicada para os professores do AEE. Primeiro é feito uma avaliação psicopedagoga dos alunos, se detectado algum problema, nossa atenção partirá de suas necessidades específicas”, conclui a coordenadora da educação inclusiva, Fabíola Araújo.

As informações são da assessoria da prefeitura.

Compartilhe no Google +

Blog Revista do Vale

Os comentários publicados abaixo são de total responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da Revista do Vale.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário